quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Redação: Minhas Férias

Eu sempre odiava o primeiro dia de volta às aulas. A tia sempre vinha com aquela frasezinha apavorante: "Peguem uma folha do caderno, que vamos fazer uma redação!".
Eu ficava pensando: será que todas as minhas brincadeiras, meus passeios, minhas aventuras iriam acabar naquele pedaço de papel? Será que todos os dias divertidos das férias seriam o prenúncio deste entediante dia? Será que toda minha alegria seria transposta para um papel que talvez nem a professora lesse?
Mas eu não tinha escapatória... E acabava escrevendo...
Os anos passaram... E outras férias também!
E por ironia do destino estou eu aqui escrevendo, sem novamente ter certeza de que serei lida, sobre "minhas férias".
Foram boas, não, na verdade, foram muito boas as minhas férias. Apesar de alguns incidentes do destino.
Eu pude ver um mar cor de prata e um céu alaranjado, depois vermelho, depois grapê, depois roxo e por fim negro, cheio de pontinhos brilhantes.
Eu pude ver estrelas de várias cores, que se estouravam no céu enquanto pessoas se abraçavam.
Eu pude ver uma prima e uma tia com os pés na areia paquerando às gargalhadas como duas adolescentes.
Eu pude ver um lindo vendedor de pastéis, comendo açaí, sentar no chão e chorar suas mágoas, me mostrando que em qualquer lugar desse mundo as pessoas passam pelas mesmas situações, e pude dizer: calma! Você não é o primeiro e nem o último a passar por isso! E você vai sobreviver! E ele conseguiu rir.
Eu pude ver filmes de beijos, de heróis, de alienígenas, de cobras assassinas, de amigos, de mulheres loucas e engraçadas.
Eu pude ver na TV as mesmas pessoas que eu via pela varanda.
Eu pude ver quatro pessoas de parentesco próximo ao redor de um telefone, na frente de um espelho, conversando por horas, esperando notícias do restante da família que estava distante.
Eu pude ver capixabas debochando de mineiras sem nem imaginar que a mineirada ria da cara deles com suas belas-tentativas-de-corpo-sarado.
Eu pude ver e rir de três mineiros comendo pastel de chocolate, quando na verdade o pedido tinha sido pastel de banana.
Eu pude ver diferentes rótulos de cervejas, mas todas geladas.
Eu pude ver uma belíssima fritada de camarões e olhos brilhando prontos para o ataque aos pobres "bichinhos".
Eu pude ver sorvete, feirinha, mais pastel, fila de supermercado, igreja cheia, cheia de turistas, estátua humana, um garoto e seus sustos com a caixa de papelão. Biquínis e vidros de protetor solar e bronzeador chegando ao fim.
E por falar em chegar ao fim, pude ver, um a um, tendo que antecipar sua volta pra casa, mesmo ainda de férias.
Eu pude ver uma família reunida em torno de uma ausência. Cansados, tristes, mas unidos.
Eu pude ver a chuva que insistia cair pelos lados de cá.
Contudo eu pude ver uma frase no MSN: "Eu quero minhas amigas de volta"! E me animei por estar de volta ao meu mundinho e ainda poder curtir os restinhos dos dias de descanso e ainda por cima com pessoas que amo.
Eu pude ver uma casinha lindinha toda cheirosa.
Eu pude ver a respiração mais ansiosa e mais bonita dessa vida, envolta por uma escultura monumental, identificada por uma tribal.
Eu pude ver janelinhas do MSN piscando na tela do meu computador e ouvir gargalhadas à distância: do bairro, dos bairros vizinhos, da cidade, de Pitangui, do Rio, de São Paulo, de Recife e até do Peru.
Eu pude ver uma aniversariante menina-mulher e suas amigas meninas-mulheres ansiosas e felizes ao seu redor.
Eu pude ver três amigos, e suas pizzas, ao redor de uma mesa conversando sobre as pequenas felicidades que nos mantêm vivos.
Eu pude ver amigos num dia de chuva num restaurante pé-copo-chão-banheiro-sujo (Rs!) comendo a melhor traíra sem espinho do mundo.
E eu até pude ver os amigos do trabalho ligando antes da hora para que eu voltasse logo.
Enfim, eu pude ver que "eu não vim até aqui pra desistir agora!".
Agora começa tudo de novo. Uma certa rotina, mas que com certeza será recheada de momentos dignos de serem registrados!
Agora também começa uma nova contagem regressiva...
Para as próximas férias! Porque "se depender de mim eu vou até o fim!".

4 comentários:

s disse...

A redação destas férias pelo menos foi lida! E relida! E lida de novo.
A.D.O.R.E.I.

Que bom que a gente tem a gente...

Te amooooooooooo

P. disse...

Amei isso!!!!

maria! disse...

Eu tbm amei!!!!!

Ass.: meninamulher!

=]

iaiá disse...

Chorei !! lindo de mais, eu vi também muitas coisas lindas e boas e uma delas foi também minha janelinha do msn picando mesmo que de tao longe e foi tao bom !! :)beijos mil. te amo !