domingo, 22 de junho de 2008

Preciso de Férias...


Domingão... (Sem Faustão! Pelo amor de Deus!).
Nada pra fazer... Final de semana totalmente descontrolado. Tudo acontecendo de trás pra frente... Eu deveria estar recuperando energia para mais uma semana e estou aqui navegando. Se bem que dormir demais... Perdi o programa, perdi a hora, “perdi o ônibus”... Falei o que devia com quem não devia, e o contrário também. (Porque as baterias dos celulares não acabam nessas horas?!).
Na verdade não consegui ‘me’ descansar. Sinto que o momento férias está passando da hora. É cansaço de todos os tipos: físico, mental, espiritual...
Não agüento mais: ligar pro palhaço, ver a agenda do músico, convidar escola pro cinema, atender telefone, receber ‘novas’ propostas musicais, conversar com lojista, reservar ônibus pra escola, pendurar placa, pendurar bandeirinha, atender telefone de novo, pausa para o café... enviar e-mail, vender merchandising, anunciar na revista, conferir a arte, marcar reunião de comitê, ligar para lojistas, fazer pauta, outra pausa para o café... fazer a programação, tirar foto do evento, atualizar o site, cobrar proposta, montar projeto, montar plano, ajustar fluxo de caixa, cobrar contrato, assinar rpa, fazer contato, atender telefone de novo, outra pausa para o café e começar tudo de novo.
A cabeça já não quer funcionar. E quanto mais perto das férias a gente vai chegando, mais ainda nos cansamos! Passei o final de semana inteiro pensando em tudo o que eu tenho que deixar pronto para tentar descansar durante quinze dias...
Quinze dias... Na verdade serão quatorze, porque um deles, eu juro, vou tirar pra dormir. Vou até colocar o despertador pra tocar às sete-e-meia-da-matina, só pra ter o prazer de desligar e virar pro lado pra dormir mais. Ah! E nem almoçar eu vou nesse dia! No máximo vou ligar a TV pra dormir ao som da Sessão da Tarde. Se passar “A Lagoa Azul” ou “Olha Quem Está Falando”, então! Que maravilha! Não prestarei atenção nem nos diálogos. Porque, sabem, eu faço isso. Pode parecer coisa de louco, mas quem não é?! Faço geralmente com as novelas e um ou outro programa humorístico, porque sei melhor o nome dos atores. Fico deitada, sem ver a TV, só ouvindo. E fico tentando adivinhar quem está conversando com quem.
Mas voltando para as férias.
Quero fazer tanta coisa nesses benditos dias que já me sinto cansada. Além de encontrar com os amigos, os que vejo sempre e os que fico um tempão sem ver, e de me divertir muito com eles, quero faxinar a casa! Juro! Vai chover nesse dia, mas vou deixar tudo “um brinco”! Poderemos até lamber o chão!!! Nem tanto... nem tanto... Vou arrumar minhas gavetas! Juro de novo! Preciso me desfazer de um monte de entulho e papel velho, além de algumas roupas que a gente insiste em guardar. Pra quê?! Apesar de conservadas, estão fora de moda. E essa de que a moda vai voltar não cola! Ter só pra encher guarda-roupa não rola! E vai me dar mais trabalho pra arrumar nas próximas férias. Ah! Mas aquele short jeans, que eu não uso desde os dezoito, esse eu não jogo fora não! Não o coloco nem para descer com o lixo! Não tenho mais idade pra isso. Mas só dele estar me servindo de novo! Ai que alegria!
Pra deixar a casa em ordem vai ficar faltando só terminarmos com as pinturas e a colagem dos adesivos. E pra comemorar essa nova etapa, vou “pagar” o que eu “devo”: um vinho, um fondue, uma cervejada, uma noite das Luluzinhas com o mousse de cenoura, uma lasanha, uma noite de pastéis! (Ai! Vou deixar a faxina da cozinha pro final das férias!).
Bom, como nesse tempo não vou conseguir ficar sem me conectar, vou prometer navegar beeeem pouquinho. Só o suficiente para deixar algumas pessoas com inveja quando eu colocar no subnick do meu eme-esse-ene: “de férias”! E o suficiente para fazer os meus contatos culturais! Culturais, aqui, leia-se saídas noturnas, porque, também juro!, não pretendo me “enculturar” nas férias. Não vou ao cinema, não vou ler meus livros (e como tenho livros acumulados!), não vou alugar nenhum DVD, não vou “descobrir” nenhum CD novo. Não mesmo! Quero descansar até disso! Vou me informar por tabela. Se ligar a TV e os Williams, a Fátima ou a Christiane quiserem me dizer alguma coisa, até escuto, mas não vou correr atrás deles. Bem, mas vou tentar dar um pouquinho de atenção pro Blog.
Com a vida noturna garantida, mesmo que parte da “equipe de plantão” não esteja na mamata, vou me dedicar a alguns passeios. Prometo, e vou cumprir, dois dias em Barbacena. Aline! Tô indo, viu?! E algumas orelhas podem se preparar porque vão queimar! E alguns outros dias que ainda preciso decidir entre Ibitipoca (Só se o Eder organizar tudo! Não quero esquentar cabeça com isso!), Tiradentes (Porque sempre vale a pena!) ou São Thomé das Letras (Tá! Aqui a organização tá por minha conta e da Iaiá. Mas a tendência de nos desembarcarmos lá é imensa!). Até dia quatro eu decido.
Bom, e se no final desses quinze dias eu conseguir fazer tudo isso e ainda estiver descansada vou tentar colocar minha vida no rumo sério de novo. Vou tentar colocar em prática os projetos que me propus no início do ano, quando estava de férias, e que até agora não consegui. E, finalmente, vou encomendar meu primeiro filho.
Calma minha gente! Hahahahahaha! Era só pra ver se vocês ainda estavam atentos ao texto! Filhos ainda fazem parte dos meus sonhos, mas não agora! Era só porque eu precisava terminar o texto! Já estou aqui combinando com o Sandrão qual vai ser a boa de hoje e minha atenção já mudou! Enfim, quem quiser encontrar com a gente mais tarde, dá uma passadinha lá no Vagão! Ei! A minha hoje vai ser a de cereja, tá?!

2 comentários:

Tiça disse...

Calma que tá chegando... o melhor das férias tb é esperar por elas...!

iaiá disse...

Ai ,que eu também estou a beira de um ataque , quero minha férias agora !! Se bem que tenho que esperar até dia primeiro. Será que consigo até lá ,com um pouquinho de sanidade , pois meus alunos estão querendo detonar o que ainda reta dela ! URGENTE :FÉRIAS JÁ, SALVEM UMA PROFESSORINHA !