quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Que vergonha!


Ô gente! A Sarah é uma figura!
Fato.
Abro meus emails e vejo um referente a um comentário deixado no blog:

“Não tive postagem personalizada no dia do meu niver... BUÁAAAAAAAÁAAAA
Todos seus amigos têm
BUÁAAAAA de novo...
Agora só em 2009”

Pronto! Tá lá a Ana de carão! Fiquei vermelha e quente como se fosse ao vivo. Ah! Mas corri na hora pro eme-esse-ene e já lancei:

“Sarah! To com vergonha de você! Mas não tenho desculpas... Não sei mesmo porque justamente com você deixei passar...”

E pro meu sentimento de culpa piorar, contei pra Tiça e ela disse:

“Sério? Mas justo com a Sarah! Kkkkkkk! Como você conseguiu?”
“Tiça! Num sei! Esqueci mesmo... Putz a Sarah vai me xingar pro resto da vida”

Ô gente! A Sarah é brava!
Fato.

Acho que não vale como justificativa, mas talvez o fato de eu não ter colocado aqui explicitamente uma “singela” homenagem pra ela no dia do aniversário tenha sido porque eu já tinha falado, e falado, e falado, e... aff.. tudo na sua cabeça, sobre essas coisas de aniversário, sobre a crise dos 30, sobre a gente ter a gente, sobre a gente se merecer... Eu até emprestei o nosso anjo da guarda todo pra ela durante o dia inteiro!!!! Não foi?!
Ah! E ela também fugiu, e como fugiu! da gente no dia 27, causando posteriormente uma série de encontros comemorativos. Ainda bem, porque a gente adora uma festa!
Agora já acabou, né?! Já comemoramos tudo, certo?!

Não... Porque comemorar é com ela! Mesmo que meio aos trancos e barrancos ela adora comemorar. Mesmo que ela comemore mais as nossas vitórias do que as dela, tá lá a Sarinha!
Mas por ela a gente até comemora uma vitória do Fluminense. Aff.. Opa! Vai ter uma cervejinha? Estaremos lá!
E nós ainda, com certeza, vamos ter muito pra come/bebemorar. Os 12 anos de amizade, o 10 anos de formadas (com ou sem festa!), os sucessos profissionais, as viagens maneiras, os amores, os valores, as boas músicas...

Mas que ela é brava, ela é... Ai meu Deus! As meninas devem estar rindo da minha cara!

Mas ela é a dona de um coração gigante! E como ela sempre soube que é impossível ficar de mal comigo porque eu sou uma pentelha, ela vai me perdoar!
Fato.

Se tem bigodes de foca
Nariz de tamanduá
-Parece meio estranho, heim!
-Rum!
Também um bico de pato
E um jeitão de sabiá...
Mas se é amigo
Não precisa mudar
É tão lindo
Deixa assim como está
E eu adoro, adoro
Difícil é a gente explicar
Que é tão lindo...
Se tem bigodes de foca
Nariz de tamanduá
-E orelhas de camelo, né tio?
-É!
Mas se é amigo de fato
A gente deixa como ele está...
É tão lindo!
Não precisa mudar
É tão lindo!
É tão bom se gostar
E eu adoro!
É claro!
Bom mesmo é a gente encontrar
Um bom amigo...
São os sonhos verdadeiros
Quando existe amor
Somos grandes companheiros
Os três mosqueteiros
Como eu vi no filme...
É tão lindo!
Não precisa mudar
É tão lindo!
Deixa assim como está
E eu adoro e agora
Eu quero poder lhe falar
Dessa amizade que nasceu
Você e eu!
Nós e você!
Vocês e eu!
E é tão lindo!...
-Tio!
-Heim!
-É legal ter um amigo, né?
-É maravilhoso
Mesmo que ele tenha
Bigodes de foca
E até um nariz de tamanduá
-E orelhas de camelo tio, lembra?
-Orelhas de camelo?
-É tio!
-É mesmo, orelhas de camelo!
Mas é um amigo, não é?
-É!
-Então não se deve mudar!

4 comentários:

Edu disse...

Grande Sarah...Me faz relembrar bons tempos...Dublagem de "Chitãozinho e Xororó" com o Jorginho e desmaio na porta do Privillege...

Tiça disse...

KKKKK!!! Essas da Sarah eu não sabia!!!! Me conta aí, gente!!!? Sarah, cade vc pra contar esses casos!!!???

sarah disse...

Ponto 1: Quem é Edu, Ana???
E que histórias são essas??? De outra Sarah, não?

Ponto 2: kkkkkk Sou tão brava assim? Nem eu sabia... Quer dizer, sabia sim. Sou brava mesmo, crítica mesmo, pentelha mesmo e observo e guardo as coisas mesmo kkkkk e um dia, qd menos se espera (como nesse caso do blog) eu jogo tuuuudo na cara! kkkkk Mas hj emdia já tenho mais enraizado em mim a capacidade do perdão dos deslizes dos erros amigos... Mas só de quem é amigo mesmo! Então você tá perdoada!

Bieeeejo

sarah disse...

kkkkkkk Não é que sou eu mesma das peripércias que o Dudu contou kkkk A Ana me reavivou a memória!
Só comédia.....